Inovação

Desde a sua fundação, a Associação Nhapúpwè desenvolve inovações pedagógicas. A questão fundamental no desenvolvimento de inovações, é: “Como pode uma educação básica de qualidade ser realizada com poucos recursos financeiros?”.

Para os materiais recentemente desenvolvidos e actividades educacionais são utilizados apenas recursos locais. Isto não só facilita a capacidade de utilização sustentável em instituições de educação nas zonas rurais, mas também promove a valorização dos materiais locais.

Presentemente, a Nhapúpwè possui uma variedade de Materiais Pedagógicos inovadores, novas Actividades de Ensino e Métodos de Ensino motivadores. São todos baseados na utilização de recursos locais e nos fundamentos da Educação Inclusiva e da Educação Centrada na Criança. As inovações são implementadas e examinadas na Pré-escola e Escola Primária da Nhapúpwè e, em seguida, procede-se à reflexão sobre o seu impacto.

A origem do processo de inovação é a troca de experiências entre a equipa intercultural e a ligação com a prática. Os professores trazem as suas experiências e perspectivas diferentes e, deste modo, combinam os seus conhecimentos e criatividade. A equipa da Nhapúpwè é enriquecida pela participação dos estudantes do Curso de Educação da Primeira Infância da Universidade Pedagógica (UP) e dos voluntários do pograma Weltwärts. Através da formação, do trabalho de aconselhamento e da oferta da possibilidade de estágio na Pré-escola e Escola Primária da Nhapúpwè, as inovações são transmitidas a instituições locais. Além disso, workshops para desenvolver e produzir materiais educativos são realizados com parceiros locais.

Um exemplo da utilização dos Recursos Locais

Com o termo Recursos Locais, referimo-nos a materiais acessíveis a nível local e condições do ambiente que nos rodeia. Estes incluem materiais naturais de plantas, produtos dos mercados locais, bem como técnicas tradicionais e lugares para realizar excursões. Estes recursos são utilizados para a produção de Materiais Didácticos e aplicados no trabalho educacional. As famílias/pais também estão empenhadas na recolha de materiais, como: caixas de ovos, rolos de papel higiénico, garrafas e latas vazias, etc. O uso destes recursos também permite que as instituições de educação nas zonas rurais, possam implementar o modelo da Nhapúpwè. Também promove o uso e a valorização de materiais locais e a cultura moçambicana.